terça-feira, 9 de novembro de 2010

Tudo é relativo, quando te fazer feliz me faz feliz...





"Quero aprender a dizer o teu nome
como ninguém nunca ousou dizer,
a ser você, a matar minha fome
no teu sorriso que me faz morrer.
Quero aprender a não dizer mais nada
dizendo tudo o que puder haver,
falando pouco, em poucas palavras
contar pro mundo que tudo é você"








Nunca entendi bem onde isso tudo me levaria. Parte de mim, grande parte, dizia a um lugar distante do que me encontro, e a outra dizia que era um próximo. mas em nenhuma deles você me acompanhava. Sempre soube que Deus me mandará um professor em forma de amor - uma forma linda, na minha opinião - e professores não ficam para sempre. Apenas seus ensinamentos. Passei boa parte de nosso tempo te dizendo o quanto aprendi com você, o quanto cresci, o quando fiz da minha vida algo me orgulha imensamente. Você achava graça sempre que lhe dizia isso, alias, comigo você sempre achou graça de tudo, e eu ria de seu sorriso. Ah, seu sorriso... Amo tanto seu sorriso que o fiz minha sentença, andei suportando coisas que iam alem da minha capacidade de força, o vento que antes trazia seu perfume, por um tempo veio carregando o seu misturado com o dela. Simplesmente aceitei. Não que eu tivesse escolha, a verdade é que preciso de você sorrindo, sozinho, acompanhado... Com qualquer compania. Preciso também da sua. Sempre precisei. Preciso do seus telefonemas perguntando meu dia e minhas saídas, preciso desabafar para a pessoa que mais confio no mundo, e ouvir você dizer que tudo ia ficar bem. Adoro quando me diz isso. Sempre acredito. Acredito também que de todo o amor que eu tenho, metade foi você que me deu, sua presença constante em todos os minutos do meu dia fez com que eu deixasse esse amor crescer a cada dia mais. Gostaria que soubesse que já não me importo se isso nunca for como desejo. Há muito tempo aprendi a desejar apenas você. Da maneira que fosse. Até suas ausências de curto prazo me ensinaram. Pude perceber como seu ser feliz sem você e sobreviver sem sua presença. Foi uma da lições mais difíceis de se aprender, e hoje agradeço. E me alegro imensamente em saber que minha vida é parte da sua, que nos seus momentos mais importantes eu estive junto, porque você quis que eu estivesse, e isso é o que sempre me fará lutar por sua alegria. E se um dia eu não ser mais seu motivo de sorrisos, ficarei longe, mas sempre esperando para cuidar de você. Não tente entender, é que você já faz parte de mim.

Carolina Assis

Mas eu gostava dele, dia mais dia, mais gostava.
Digo o senhor: como um feitiço? Isso. Feito coisa-feita.
Era ele estar perto de mim, e nada me faltava.
Era ele fechar a cara e estar tristonho, e eu perdia meu sossego."
[João Guimarães Rosa]

Nenhum comentário:

Postar um comentário